O Serviço Social é política pública, e o Assistente Social seu efetivador!

É uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho .Inserido nas mais diversas áreas (saúde, habitação, lazer, assistência, justiça, previdência, educação, etc) com papel de planejar, gerenciar, administrar, executar e assessorar políticas, programas e serviços sociais.



O Assistente Social efetiva sua intervenção nas relações entre os homens no cotidiano da vida social, por meio de uma ação global de cunho sócio-educativo ou socializadora e de prestação de serviços.Está capacitado, sob o ponto de vista teórico, político e técnico, a investigar, formular, gerir, executar, avaliar, e monitorar políticas sociais, programas e projetos nas áreas de saúde, educação, assistência e previdência social, empresas, habitação, etc. Realiza consultorias, assessorias, capacitação, treinamento e gerenciamento de recursos; favorece o acesso da população usuária aos direitos sociais; e trabalha em instituições públicas, privadas, em organizações não governamentais e junto aos movimentos populares.



quarta-feira, 5 de agosto de 2009

...Que notícia hein?!

Estava lendo as notícias ai do lado(>>>) e tinha uma que falava do Sarney. Até ai tudo bem, porque o cara está na onda da mídia, graças às "suas boas ações". Mas, lembrei-me de uma notícia que li hoje na revista Veja, que falava sobre como o jornal O Estado do Maranhão está preocupado com a imagem que a mídia paulista está fazendo do Sarney. Para piorar... lembrei do Collor falando no senado(com letra minúscula porque mais parece um circo) que não admitia ser ofendido por outro senador.
Olha, eu vou falar um negócio: quem não aceita ser ofendida Sou Eu. O mala rouba o país todo, aí os tontos (pessoas com enfraquecimento das faculdades intelectuais -para não usar uma palavra mais agressiva) lá de Alagoas elegem o banana novamente e daqui a pouco, não duvido nada...Oh ele lá na presidência de novo. Isso sim é uma ofensa!
Mas não são apenas os alagoanos que fazem essas burradas. A gente tem o Maluf (aquele que rouba mas faz), o ACM e família, César Maia, Garotinho e etc. Provando que a proeza alagoana é uma febre nacional.
Na verdade eu "fico de cara" com nossas reclamações sobre políticos. Eles são cidadãos como nós, são eleitos por nós e, já diria qualquer filósofo ai que eu não sei o nome, refletem nossas ações. Todos sabemos que os políticos de um país reflete a moral daquele país.
Então eu acho melhor a gente cair na real porque nossa moral anda lá embaixo! E, põe embaixo nisso!
E ai vocês pensam: o que tem a ver o Sarney com o Collor??? Nesse caso deixo para que cada um faça a ligação.
Beijos,
Ariana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Este espaço é democrático - FAÇA SEU COMENTÁRIO "