O Serviço Social é política pública, e o Assistente Social seu efetivador!

É uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho .Inserido nas mais diversas áreas (saúde, habitação, lazer, assistência, justiça, previdência, educação, etc) com papel de planejar, gerenciar, administrar, executar e assessorar políticas, programas e serviços sociais.



O Assistente Social efetiva sua intervenção nas relações entre os homens no cotidiano da vida social, por meio de uma ação global de cunho sócio-educativo ou socializadora e de prestação de serviços.Está capacitado, sob o ponto de vista teórico, político e técnico, a investigar, formular, gerir, executar, avaliar, e monitorar políticas sociais, programas e projetos nas áreas de saúde, educação, assistência e previdência social, empresas, habitação, etc. Realiza consultorias, assessorias, capacitação, treinamento e gerenciamento de recursos; favorece o acesso da população usuária aos direitos sociais; e trabalha em instituições públicas, privadas, em organizações não governamentais e junto aos movimentos populares.



quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

***Seminário Internacional 2011***


“Experiência em Implementação da Justiça de Menores: Ser e Dever é a Política Pública”

O evento será realizado em Temuco no Chile nos dias 28 e 29 de março, e em Santiago nos dia 4 e 5 de abril.

Objetivo Geral:
- Analisar a justiça juvenil nacional e internacional para identificar as realizações e os desafios mais relevantes para a melhoria dos processos de reparação, adaptação e integração social dos adolescentes.
Os objectivos específicos:
- Caracterizar as políticas públicas em matéria de justiça juvenil e seus resultados em países ou regiões a que pertencem, convidou especialistas.
- Divulgar validado modelos de intervenção em diferentes contextos.
- Analisar os desafios.
Missão:
O último projeto tem como objetivo gerar um sistema integrado, o ecossistema de inspiração a natureza, de ênfase territorial diferencial para o trabalho desenvolvido por entidades privadas responsáveis pela intervenção educativa com os infratores nos termos da lei 20 084 de força (LRPA) desde junho de 2007. Concretamente, a concretização deste objectivo deverá permitir uma melhoria significativa das possibilidades de integração psicossocial eficaz delinquentes juvenis nas regiões de La Araucanía e Los Rios (Chile).


Abraços,

Josiane G.