O Serviço Social é política pública, e o Assistente Social seu efetivador!

É uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho .Inserido nas mais diversas áreas (saúde, habitação, lazer, assistência, justiça, previdência, educação, etc) com papel de planejar, gerenciar, administrar, executar e assessorar políticas, programas e serviços sociais.



O Assistente Social efetiva sua intervenção nas relações entre os homens no cotidiano da vida social, por meio de uma ação global de cunho sócio-educativo ou socializadora e de prestação de serviços.Está capacitado, sob o ponto de vista teórico, político e técnico, a investigar, formular, gerir, executar, avaliar, e monitorar políticas sociais, programas e projetos nas áreas de saúde, educação, assistência e previdência social, empresas, habitação, etc. Realiza consultorias, assessorias, capacitação, treinamento e gerenciamento de recursos; favorece o acesso da população usuária aos direitos sociais; e trabalha em instituições públicas, privadas, em organizações não governamentais e junto aos movimentos populares.



segunda-feira, 16 de maio de 2011

Convite: ENCONTRO

SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL E FAMILIAR

E O PAPEL DO SISTEMA DE JUSTIÇA

e também o Lançamento da Coleção ABRIGOS EM MOVIMENTO


Realizada pelo INSTITUTO FAZENDO HISTORIA e pelo NECA - Núcleo de Estudos sobre a Criança e o Adolescente, com o apoio da SDH - Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

DIA: 30/05/2011 (segunda –feira)
HORÁRIO: 14horas
LOCAL: Anfiteatro das Faculdades COC
RUA: Abrahão Issa Halack, 980, Ribeirânia
Ribeirão Preto – SP
Entrada franca


Realização:
Vara da Infância, da Juventude e do Idoso do Fórum de Ribeirão Preto.
CINDEDI - Centro de Investigação sobre o Desenvolvimento Humano e Educação Infantil.
USP - Ribeirão Preto

PROGRAMA

Abertura - 14h00
Dr. Paulo César Gentile - Juiz de Direito da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso do Fórum de Ribeirão Preto.

Palestrantes:

O papel do Sistema de Justiça no reordenamento dos serviços de acolhimento
Dr. Reinaldo Cintra Torres de Carvalho – Juiz de Direito Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

O trabalho em rede e as audiências concentradas
Dr. Alexandre Gonzaga Baptista dos Santos - Juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude de Jaboticabal e Dr. Paulo Henrique de Oliveira Arantes - Promotor de Justiça da Vara da Infância e Juventude de Jaboticabal.

Acolhimento Familiar: diretrizes e parâmetros
Nina Rosa do Amaral Costa - Mestre em Educação, Doutora em Psicologia e Pós - doutorado em Acolhimento Familiar.

DEBATEDORA: Maria Clotilde Rossetti-Ferreira - Profª. Titular da USP-RP. Coordenadora do CINDEDI e do GIAAA (Grupo de Investigação sobre Acolhimento Familiar, Abrigamento e Adoção).

Lançamento

Dayse César Franco Bernardi - pesquisadora associada e membro da diretoria do Neca, psicóloga judiciária da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo

Isa Guará - pesquisadora associada do Neca, pedagoga, coordenadora da pós graduação "Adolescente em Conflito com a Lei - Práticas Profissionais" da UNIBAN de SP

Maria Lúcia Gulassa - pesquisadora associada e membro do comitê gestor do Neca, pedagoga, especialista em grupos operativos - Pichón Riviere.

Confraternização – 18:20 horas

 
Abraços,
 
Josiane G.

15 de Maio - Dia Do Assistente Social

Um caloroso abraço a todos os amigos e companheiros "A.S."

Josiane G.